A introdução de materiais manipuláveis no ensino deve-se a Pestalozzi e Froebel, no século XIX, e a Montessori e Decroly, no começo do século XX. A utilização de materiais manipuláveis em sala de aula tem como pressuposto básico a ideia de que o aluno “aprende fazendo”. Assim, a partir da manipulação e visualização de objetos ou de atividades práticas envolvendo medições, contagens, levantamento e comparações de dados , os alunos compreendem os conceitos e as propriedades matemáticas.

São muitos os estudos que confirmam que a utlização de materiais manipuláveis beneficiam a compreensão do “bicho” da Matemática por parte das crianças.

Estes materiais podem tornar as aulas de matemática mais dinâmicas e compreensíveis, uma vez que permitem a aproximação da teoria matemática da constatação na prática, por meio da ação manipulativa.

Estes deverão ser usados como meio auxiliar no processo ensino aprendizagem, devendo ser o professor um mediador neste processo, permitindo-lhe a “procura e descoberta”.

Eis alguns dos muitos benefícios da sua utilização:

  • Contribuem para a melhoria do processo ensino-aprendizagem;

  • Proporcionam uma abordagem de maneira clara e sucinta;

  • Tornam as aulas de matemática prazerosas, atrativas e dinâmicas;

  • Servem como elementos mediadores entre o conhecimento matemático e o desenvolvimento mental do aluno;

  • Facilitam a compreensão de conceitos matemáticos;

  • Fortalecem o raciocíonio e o cálculo mental;

  • Ajudam a adquirir estratégias para solucionar problemas;

  • Ajudam a desenvolver a motricidade fina;

  • Ajudam os alunos a expressar as suas ideias através da linguagem matemática;

  • Trabalham-se, para além de conceitos matemáticos, vários conceitos sociais;

  • Fortalece a relação entre alunos e com o professor, criando elos de amizade e respeito.

dons froeble

Porém, para que as aulas com materiais exponenciem todos os seus benefícios, é essencial que os professores dominem os materiais que vão trabalhar com os seus alunos. Ao mostrar segurança no que estão a ensinar, os alunos irão tirar um melhor proveito dessas aulas.

Para isso, os professores têm de apostar em  “inovar e inovar-se”!

Categorias

Artigos recentes

Subscreva o nosso blogue aqui!